BLOG

Corrimento Vaginal: o que é e sintomas

Corrimento natural

A mulher na sua fase de vida reprodutiva, dos 13 aos 50 anos, terá secreção vaginal. Essa secreção vaginal terá contato com a roupa íntima e isso é um tipo de corrimento, porém, um corrimento natural que todas têm.

A vaginal não é seca, não pode ser seca, mas temos que saber diferenciar esse corrimento, essa secreção natural de uma secreção anormal, de uma secreção atípica.

O corrimento natural é cíclico, aumenta em algumas fases do clico menstrual e diminui em outras, se exacerba no período de ovulação, ou seja, essas secreções a mulher tem que se conhecer e saber diferenciar que aquelas secreções são normais.

 

Corrimento anormal

Diferente de um corrimento anormal, de uma doença ou infecção vaginal, é que você tem um corrimento contínuo.

Sintomas

Uma coloração diferente, deixa de ser claro e transparente e passa a ser amarelada, esverdeada ou amarronzada. Tem odor forte, odor de situações desagradáveis, coceira, prurido, irritação.

No ato sexual, a mulher reclama de irritação, portanto, essa diferenciação é feita pela paciente e a seguir, ela procurará um médico.

Muitas pacientes nos procuram com um corrimento que já tratam há anos e nunca melhora. Obviamente que são corrimentos normais, as secreções normais da mulher não vão melhorar nunca.

Portanto, fique atenta ao seu corpo e qualquer dúvida, procure seu ginecologista.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

FALE CONOSCO

× Como posso te ajudar?