Logo Clínica Rubens do Val

Cisto no ovário é grave? Qual o tratamento?

Atualizado em 19/07/2023
Tempo de leitura: 2 min.

Na maioria das vezes, o cisto de ovário é uma formação benigna e que não tem potencial para evoluir para doenças malignas. Existem casos em que não é preciso tratamento, pois o cisto regride sozinho. Mas também pode ser necessário esvaziá-lo ou fazer a remoção cirúrgica.

O cisto é uma formação parecida com uma bolha. Ele é composto por uma membrana que retém líquidos orgânicos dentro dela e que é abastecida constantemente. Por isso, ele pode reaparecer quando é esvaziado cirurgicamente.

Os cistos podem se formar em qualquer parte do corpo, como na tireoide, no fígado, nas mamas e nos rins. Quando ocorrem nos ovários, são chamados de cistos ovarianos ou apenas cisto de ovário.

Mas será que essa condição oferece algum risco para a saúde da mulher? Continue lendo para conferir a resposta. 

O cisto ovariano é perigoso?

De um modo geral, a presença de um cisto no ovário não é uma condição que gera grande preocupação. Isso porque na maioria das vezes essa é uma formação benigna que, inclusive, pode desaparecer de forma espontânea.

Em casos mais raros, o cisto apresenta características que podem indicar malignidade, como ser duradouro, grande e ter uma área sólida. Porém, a maioria dos cistos são formações benignas e, nesse caso, é muito raro evoluir para o câncer. Mesmo assim, ele pode provocar alguns sintomas desconfortáveis. 

Quais são as consequências de ter um cisto no ovário?

Um dos problemas que o cisto no ovário pode causar é a dor. Isso se relaciona com o tamanho dele. Quando os cistos são maiores, podem causar desconfortos na região pélvica. A dor também pode acontecer se houver uma torção ou rompimento dele.

A mulher pode sentir dor ou desconforto durante as relações sexuais e ter sangramentos fora do período menstrual. Outra situação que ocorre é o atraso da menstruação, pois o cisto pode causar alterações hormonais e interferir na regularidade menstrual.

Mas é importante saber que o cisto não causa infertilidade. Logo, a mulher pode engravidar, mas o ideal é que essa condição receba o devido tratamento para não atrapalhar uma possível gravidez, e nem causar desconfortos.

Como o cisto no ovário é tratado?

Nem sempre o cisto no ovário necessita de tratamento, em especial quando ele ainda está pequeno e não provoca sintomas. Nas mulheres em idade fértil, é comum que aconteça uma regressão espontânea

Mas é importante acompanhar o cisto porque existem casos em que é preciso fazer o tratamento. Ele pode ser realizado com pílulas anticoncepcionais para induzir a regressão. Também existem métodos cirúrgicos realizados com o objetivo de esvaziar o cisto utilizando uma agulha fina, procedimento feito por via vaginal.

No caso dos cistos mais complexos, ou quando existe suspeita de malignidade, é feita a cirurgia para retirada completa. Para isso, costuma ser adotada a técnica por videolaparoscopia.

Embora exista um baixo potencial de risco do cisto de ovário, é essencial que ele seja devidamente examinado e acompanhado. Somente o ginecologista poderá dizer se existe a necessidade de tratamento e qual seria a melhor medida para cada mulher.

Dr. Rubens do Val | Clínica Rubens do Val

Dr. Rubens Do Val

CRM: 58764
RQE: 17384 - Obstetrícia
RQE: 17385 - Ginecologia

A Clínica Rubens do Val atua há mais de 50 anos nas especialidades Ginecologia, Obstetrícia e Mastologia, mantendo uma tradição familiar de dedicação e comprometimento com a saúde.
Agende sua consulta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 | 16 / 07 / 24
Está enfrentando corrimento ou desconforto genital? Esses podem ser sinais da tricomoníase, uma infecção sexualmente […]
Ler Mais
 | 28 / 05 / 24
Problemas como os cistos, apesar de comuns, podem evoluir para situações graves se não forem […]
Ler Mais
1 2 3 18
Atenção: O site https://clinicarubensdoval.com.br/ é uma fonte para melhorar o acesso dos pacientes às informações. Não deve ser utilizado como um substituto do diagnóstico completo e preciso de uma consulta médica.
Responsável técnico: Dr. Rubens Do Val | CRM: 58764
RQE: 17384 - Obstetrícia | 17385 - Ginecologia
Agende sua consulta
Clínica Rubens Do Val © 2024
| Desenvolvido por Surya Marketing Médico.
Site atualizado em:
17:23 | 16/07/2024
magnifiercross