Logo Clínica Rubens do Val

O que pode causar o Atraso da Menstruação? Entenda!

Atualizado em 17/05/2022
Tempo de leitura: 3 min.

O atraso da menstruação não é provocado apenas por uma gravidez. Isso também pode acontecer devido a fatores comuns do dia a dia, como o estresse, por condições ginecológicas, como a síndrome do ovário policístico, ou quadros clínicos que afetam todo o organismo, como problemas na tireoide e algumas doenças crônicas.

A gravidez continua sendo o principal fator associado ao atraso da menstruação, no entanto, o ciclo menstrual da mulher não funciona com 100% de precisão todos os meses. Alguns atrasos podem acontecer, e eles são normais.

Existem diversos motivos por que a menstruação da mulher pode atrasar. Eles vão desde situações muito corriqueiras, como o estresse, até condições que precisam de atenção ginecológica, como a síndrome do ovário policístico.

Como esse é um tema de interesse para todas as mulheres, preparamos este artigo para explicar quais são as principais causas dos atrasos na menstruação e por que esses fatores podem influenciar o ciclo menstrual. Acompanhe!

Estresse

Já que falamos sobre o estresse, vamos começar por eles. Esse estado de tensão está relacionado à produção de hormônios, por isso, pode gerar diversos impactos no organismo, inclusive na porção do cérebro responsável por regular o ciclo menstrual.

Assim, quando a mulher vivencia um quadro de estresse mais intenso e persistente, o hipotálamo sofre impactos negativos e, por consequência, a menstruação fica desregulada.

Síndrome do ovário policístico

Também conhecida pela sigla SOP, essa síndrome faz com que a ovulação seja irregular ou, em alguns casos, interrompida completamente.

Isso acontece devido ao desequilíbrio hormonal que ocorre em função da maior produção de hormônio masculino, quadro típico dessa síndrome. Como não há ovulação, também não há menstruação.

Peri-menopausa precoce 

A peri-menopausa é o período em que o ciclo menstrual da mulher começa a apresentar irregularidades, indicando que a menopausa, com ausência do ciclo, está chegando.

 Geralmente a menopausa começa entre os 45 e 55 anos de idade, mas existem casos em que os ovários começam a parar o seu funcionamento mesmo antes dos 40 anos. Nesse caso, há um prejuízo para a produção de hormônios femininos, o que leva aos atrasos ou ausência da menstruação, juntamente com os sintomas típicos da menopausa.

Hiperprolactinemia

A hiperprolactinemia é uma disfunção na produção do hormônio prolactina que, entre outras funções, estimula o desenvolvimento das mamas, induz e mantém a lactação. Ou seja, é o hormônio que faz o corpo da mulher produzir leite.

Quando há uma produção excessiva de prolactina ocorre a hiperprolactinemia, que pode ser provocada por alguma condição fisiológica, por patologias ou certos medicamentos. Essa condição do organismo da mulher inibe a ovulação e, portanto, provoca ausência de menstruação ou um atraso significativo dela.

Problemas na tireoide

A tireoide é uma pequena glândula localizada na região do pescoço que produz hormônios responsáveis por regular o metabolismo do nosso corpo. Por isso, quando ela não funciona corretamente, também pode prejudicar o ciclo menstrual da mulher.

A glândula tireoide pode produzir mais ou menos hormônios do que o normal quando apresenta algum distúrbio. Isso afeta o funcionamento do corpo, atrasando ou eliminando a menstruação.

Doenças crônicas 

Quando o organismo apresenta alguma condição específica que prejudique o funcionamento adequado dos órgãos, o ciclo menstrual da mulher também pode ser afetado. É por isso que as portadoras de doenças crônicas, como o diabetes e a doença celíaca, podem perceber atrasos no ciclo menstrual.

Não é muito comum, mas quando o diabetes não está bem controlado a menstruação desregula, uma vez que o excesso de glicose se associa às alterações hormonais.

A doença celíaca, por sua vez, prejudica a absorção de nutrientes, afetando o equilíbrio da saúde por completo. Dessa forma, também prejudica o sistema reprodutor da mulher e o seu ciclo menstrual.

Peso corporal

Você sabia que até mesmo o peso corporal da mulher influencia o ciclo menstrual? O excesso de peso provoca alterações hormonais que desregulam a menstruação, mas estar abaixo do peso considerado como saudável também pode trazer problemas.

Quando a mulher passa por uma perda de peso significativa pode perceber atrasos na menstruação. Isso acontece porque essa perda também altera os níveis hormonais devido aos prejuízos na comunicação entre o cérebro e o sistema endócrino, que regula a produção de hormônios.

Existem ainda outros fatores que podem causar atraso ou ausência da menstruação, como no caso da própria gravidez, do uso de anticoncepcionais hormonais ou mesmo uma doença inflamatória pélvica. Assim, é importante manter as consultas ginecológicas em dia e, em caso de dúvida, consultar o médico.

Dr. Rubens do Val | Clínica Rubens do Val

Dr. Rubens Do Val

A Clínica Rubens do Val atua há mais de 50 anos nas especialidades Ginecologia, Obstetrícia e Mastologia, mantendo uma tradição familiar de dedicação e comprometimento com a saúde.
Agende sua consulta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

 | 01 / 02 / 22
A amenorreia é uma disfunção caracterizada pela ausência de menstruação. Confira quais são as possíveis causas e quais seus tratamentos.
Ler Mais
 | 30 / 03 / 21
A síndrome do ovário policístico (SOP) é um distúrbio hormonal que atinge cerca de 7% das mulheres em idade reprodutiva. DESCUBRA COMO TRATAR!
Ler Mais
1 2 3 6
Atenção: O site https://clinicarubensdoval.com.br/ é uma fonte para melhorar o acesso dos pacientes às informações. Não deve ser utilizado como um substituto do diagnóstico completo e preciso de uma consulta médica.

Clínica Rubens Do Val 2022 | Desenvolvido por Surya Marketing Médico.

magnifiercross
× Agende sua consulta