BLOG

Obesidade x Anticoncepcional

A obesidade pode atrapalhar a eficácia do contraceptivo?

Não, a obesidade não atrapalha a eficácia do contraceptivo, mas pode dar uma maior irregularidade de fluxos ou escapes nas pacientes obesas mesmo tomando corretamente o contraceptivo por conta da formação do estrogênio periférico.

Qual o melhor contraceptivo para obesas?

Na verdade, é o mesmo para não obesa desde que ela faça o uso correto. O problema ocorre quando a paciente fez uma bariátrica porque ela poderá ter alterações absortivas em alguns casos e também alterações para o lado da crase sanguínea com algum tipo de anemia, e o fluxo menstrual prejudicaria ainda mais essa anemia.

Nesses casos, acabamos optando por uma contracepção de bloqueio menstrual utilizando algum produto injetável, via oral, subcutâneo (implante) ou mesmo o DIU hormonal.

De acordo com o Dr. Rubens do Val, o melhor contraceptivo é o DIU hormonal que consegue bloquear ou diminuir bastante o fluxo menstrual da paciente, possibilitando uma melhora no quadro de anemia da paciente bariátrica.

Quando a paciente pode engravidar depois da bariátrica?

Os próprios cirurgiões do aparelho digestivo falam 24 meses, outros falam 12 meses.

O Dr. Rubens do Val concorda que após 12 meses é possível ter uma gestação, porém, o pré-natal é bastante importante nesses casos.

Se você tiver alguma dúvida, escreva abaixo ou nos mande em nossos canais de mídias sociais que teremos prazer em responder.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + dezessete =

FALE CONOSCO

× Como posso te ajudar?