Logo Clínica Rubens do Val

Trombose x Anticoncepcional

Tempo de leitura: 2 min.

Muitos temem que todos os anticoncepcionais causem trombose, mas a realidade é mais complexa. Existem variações entre pílulas, e é crucial entender que nem todas apresentam alto risco. O ginecologista, ao conversar com o paciente, pode escolher uma opção segura e adequada.

https://youtu.be/n_KaUSa-qfY

Neste post, vamos falar sobre o risco de trombose que os anticoncepcionais apresentam e tipos de anticoncepcionais para casos específicos. Além disso, vamos falar da importância da escolha segura e consciente do método contraceptivo. Continue lendo para saber mais!  

Todo anticoncepcional dá trombose?

Muitos pacientes chegam hoje no consultório e não querem tomar pílula, pois acreditam que vão ter trombose e outras coisas. 

Obviamente existem alguns tipos de pílulas que têm uma propensão muito maior para trombose quando comparada com outras, mas isso não significa que elas vão dar trombose. Apesar do risco da trombose existir, ele é muito baixo, por isso é preciso saber monitorizar isso muito bem para poder receitar para o paciente.

Então, é importante que ao ir ao seu médico, você sente com ele e converse para ver qual é o melhor tipo de contraceptivo para você, assim, ele vai poder, dentro de uma série de parâmetros, escolher o que lhe é mais conveniente para você.

Escolha do anticoncepcional

Existem pílulas que não dão trombose, que você pode usar com tranquilidade e que não dão trombose nenhuma. Inclusive, existem pílulas específicas para casos de pacientes que tiveram AVC ou trombose.

Todas as vezes que se for pensar numa trombose, num fenômeno tromboembólico, o ginecologista precisa fazer muito bem um histórico familiar, conversar muito com a paciente para ver se ela tem algum tipo de história de trombose, e também fazer alguns exames para ver os riscos de trombose, e só então ele está autorizado a dar um tipo ou outro de pílula para essa paciente.

Outros métodos contraceptivos

Hoje existem muitas outras alternativas para fugir da pílula, como os DIUs, os implantes, injeções, e agora vem com muita força também os anéis vaginais e os transdérmicos, então, tem muita coisa que não é pílula e que pode ser usada.

A grande sacada na escolha, é você ser muito bem avaliada, para saber o tipo de contraceptivo que você vai usar, e não porque viu na internet se auto impor um tipo de coisa. É preciso fazer essa avaliação de uma forma clara, coesa para poder saber qual contraceptivo vai se encaixar melhor com você.

Dr. Rubens do Val | Clínica Rubens do Val

Dr. Rubens Do Val

CRM: 58764
RQE: 17384 - Obstetrícia
RQE: 17385 - Ginecologia

A Clínica Rubens do Val atua há mais de 50 anos nas especialidades Ginecologia, Obstetrícia e Mastologia, mantendo uma tradição familiar de dedicação e comprometimento com a saúde.
Agende sua consulta
 TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 | 18 / 06 / 24
Engordar após a laqueadura? A cirurgia não interfere nos seus hormônios e nem no seu […]
Ler Mais
 | 22 / 02 / 24
DIU ou Implanon? Compreenda as diferenças e escolha o melhor método para suas necessidades. Opções de longa duração e reversíveis para seu planejamento familiar. Saiba mais!
Ler Mais
1 2 3 12
Atenção: O site https://clinicarubensdoval.com.br/ é uma fonte para melhorar o acesso dos pacientes às informações. Não deve ser utilizado como um substituto do diagnóstico completo e preciso de uma consulta médica.
Responsável técnico: Dr. Rubens Do Val | CRM: 58764
RQE: 17384 - Obstetrícia | 17385 - Ginecologia
Agende sua consulta
Clínica Rubens Do Val © 2024
| Desenvolvido por Surya Marketing Médico.
Site atualizado em:
09:49 | 18/06/2024
magnifiercross