BLOG

Período fértil: Como identificá-lo?

A imagem mostra um mão fazendo um círculo com uma caneta em um calendário.

O período do mês em que as mulheres estão mais propensas a engravidar é chamado de período fértil. Em outras palavras, o período fértil consiste no intervalo de tempo em cada ciclo menstrual, que aumentam as chances de gravidez. Mas, muitas mulheres, principalmente aquelas que realmente planejam uma gestação, não sabem como identificar essa fase, ou se existem sintomas que possam ajudá-las a descobrir.

No post de hoje, vamos falar um pouco mais sobre este assunto. Nos acompanhe a seguir!

Reconhecendo os sintomas do período fértil

Assim como ocorre com o ciclo menstrual, as mulheres também sofrem alterações durante o período fértil. Essas alterações surgem em forma de sintomas, levando em conta as mulheres com ciclos menstruais regulares. São considerados, então:

Libido intensa

O aumento do desejo sexual da mulher também ocorre durante esse período, uma vez que seu organismo está preparado para uma fecundação, por meio da relação sexual.

Secreção

Durante essa fase, é muito comum que a mulher perceba um aumento na secreção vaginal, algo muito semelhante a uma clara de ovo, sendo um pouco mais elástica, e que não apresenta nenhum forte odor.

Dor leve no baixo ventre

Surge também uma leve dorzinha, que provoca algumas pontadas no baixo ventre, algo muito comum, mas que nem toda mulher consegue notar. Essa dor não chega a ser forte, mas causa um leve incomodo.

Irritabilidade emocional

Humor instável e irritação também podem indicar que a mulher está no período fértil, porém, isso não acontece com todas as mulheres.

Temperatura corporal alta

No período fértil, é normal que a temperatura da mulher aumente, o que pode ajudar aquelas que estão tentando engravidar, a perceberem que estão no momento certo para que isso se concretize. Mas, neste caso, é necessário utilizar um termômetro para descobrir se de fato a temperatura aumentou ou não.

Além dos sintomas citados acima, também é possível utilizar o método do calendário, baseando-se na previsão da data da próxima menstruação. Vale lembrar que, caso a gravidez não seja consolidada, o médico ginecologista deverá ser consultado para realização de exames e acompanhamento.

O que achou do post? Deixe o seu comentário abaixo!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

FALE CONOSCO

× Como posso te ajudar?