Logo Clínica Rubens do Val

Como posso identificar o meu período fértil?

Atualizado em 24/01/2023
Tempo de leitura: 3 min.

Você pode identificar o seu período fértil fazendo o cálculo do dia da ovulação ou então observando sintomas e mudanças no seu próprio corpo, como alteração da secreção vaginal, o aumento da temperatura basal e um ligeiro desconforto na região do baixo ventre e nas mamas.

Geralmente, o óvulo sobrevive no útero da mulher por cerca de 12 a 24 horas, podendo se estender para 48 horas. Mas o período fértil da mulher é maior do que isso, e precisamos considerar também que o espermatozoide pode sobreviver até cinco dias no corpo da mulher.

Sendo assim, é importante saber identificar o período fértil para planejar com sucesso uma gravidez. Existem diferentes formas de identificar quando ele está começando, e até mesmo o dia em que a ovulação acontece.

Quer descobrir como? Então continue lendo e aprenda um pouco mais sobre o seu próprio corpo e o modo como ele funciona.

A diferença do período fértil conforme o ciclo de cada mulher

O sistema reprodutivo das mulheres funciona basicamente da mesma forma, mas cada uma delas tem as suas próprias características. Por isso, não podemos colocar regras muito rígidas quando se trata de calcular o período fértil.

É preciso considerar as características do ciclo de cada uma e também o modo como o organismo trabalha. Contudo, conseguimos fazer cálculos com uma boa precisão conhecendo o ciclo menstrual.

Cálculo em um ciclo regular

O ciclo regular é aquele que dura 28 dias, sendo que a menstruação tem duração de 3 a 8 dias. Nesse tipo de ciclo, é mais fácil fazer o cálculo do período fértil porque o corpo da mulher não passa por uma grande mudança de um mês para o outro.

Se o seu ciclo for regular, basta começar a contar 14 dias a partir do primeiro dia da menstruação. O 14º dia é aquele em que a ovulação vai acontecer, mas o período fértil é maior. Ele deve ser considerado três dias antes da ovulação e três dias depois.

Cálculo em um ciclo irregular

No ciclo irregular, a menstruação pode acontecer em um tempo menor ou em um tempo maior de um mês para o outro. Por isso é difícil fazer um cálculo considerando os dias como no ciclo regular, mas também é possível.

Nesse caso, você precisa considerar o ciclo dos últimos 6 meses, considerando o menor e o maior deles para fazer o seu cálculo. Vamos tomar como exemplo um ciclo irregular em que o menor período identificado foi de 28 dias e o maior de 35 dias.

Basta subtrair 14 de cada um deles para obter o intervalo do período fértil: 28 – 14 = 14 e 35 – 14 = 21. Então, contando a partir do primeiro dia da menstruação, o período fértil nesse ciclo irregular aconteceria provavelmente entre o 14º e o 21º dia de cada ciclo.

Métodos que ajudam a identificar o período fértil

Como você viu, calcular o período fértil no ciclo irregular pode ser um grande desafio. Por isso é interessante adotar alguns métodos que ajudam a identificar esse período. Eles também são muito úteis para as mulheres que têm um ciclo regular, já que é possível fazer essas duas observações para ter maior certeza dos dias com mais chances de engravidar.

Veja a seguir algumas formas de identificar o período fértil.

Análise da secreção vaginal

Quando a mulher está no seu período fértil, a secreção produzida pela vagina muda de aspecto se tornando parecida com a clara de ovo crua. Ela fica translúcida e mais fluida para facilitar a movimentação dos espermatozoides.

Medição da temperatura corporal

Durante o período fértil, a temperatura basal da mulher também tende a subir um pouco. Mas para perceber essa variação é necessário medir a temperatura todos os dias, pela boca e de preferência no mesmo horário, sendo o ideal antes de se levantar da cama. Quando o período fértil chega, a temperatura sofre um ligeiro aumento entre 0,3 e 0,8° C.

Identificação de sintomas 

A ovulação e o período fértil desencadeiam uma série de sintomas que também ajudam bastante a identificar esses momentos. Você pode perceber, por exemplo:

  • sensação de peso nas mamas;
  • aumento da libido;
  • aumento do apetite;
  • dor leve na parte baixa do abdômen ou na região pélvica;
  • aparecimento de espinhas;
  • instabilidade emocional;
  • mais disposição ou animação.

Se você sentir dificuldade para identificar o seu período fértil, também pode contar com o suporte do ginecologista para entender quais são os momentos mais propícios para engravidar. Assim poderá planejar com tranquilidade uma gestação.

Dr. Rubens do Val | Clínica Rubens do Val

Dr. Rubens Do Val

CRM: 58764
RQE: 17384 - Obstetrícia
RQE: 17385 - Ginecologia

A Clínica Rubens do Val atua há mais de 50 anos nas especialidades Ginecologia, Obstetrícia e Mastologia, mantendo uma tradição familiar de dedicação e comprometimento com a saúde.
Agende sua consulta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 | 30 / 04 / 24
Saiba como o DIU pode influenciar seu ciclo menstrual. Descubra possíveis mudanças no fluxo e duração da menstruação. Clique aqui e saiba mais!
Ler Mais
 | 16 / 04 / 24
Descubra como o estresse afeta diretamente o ciclo menstrual, desencadeando desequilíbrios hormonais e irregularidades. Saiba mais!
Ler Mais
1 2 3 11
Atenção: O site https://clinicarubensdoval.com.br/ é uma fonte para melhorar o acesso dos pacientes às informações. Não deve ser utilizado como um substituto do diagnóstico completo e preciso de uma consulta médica.
Responsável técnico: Dr. Rubens Do Val | CRM: 58764
RQE: 17384 - Obstetrícia | 17385 - Ginecologia
Agende sua consulta
Clínica Rubens Do Val © 2024
| Desenvolvido por Surya Marketing Médico.
Site atualizado em:
09:00 | 23/05/2024
magnifiercross