BLOG

Mioma Uterino: sintomas, diagnóstico e tratamento

Uma paciente marcou uma consulta com o Dr. Rubens do Val e levou seus exames que constaram um grande mioma cirúrgico. Porém, ela não entendeu porque nunca teve nenhum sintoma relacionado.

A partir dessa situação, o Dr. explicou que existem miomas assintomáticos. Nem todos sangram e dão dor, isso depende muito da localização do mioma em relação à parede uterina.

Quando o mioma causa sintoma?

Os miomas mais internos, mesmo que sejam pequenos, causam grandes sangramentos. Já os miomas mais externos só causam algum sintoma quando atingem a parte interna ou quando comprimem algum órgão, como, por exemplo, o intestino, causando dificuldade no funcionamento intestinal, ou mesmo na bexiga, além disso, também pode causar infertilidade.

Diagnóstico de mioma uterino

Na maioria das vezes, o diagnóstico do mioma é clínico e acompanhado do ultrassom transvaginal, que é a grande arma para o diagnóstico desse problema. Para diagnósticos mais elaborados, pode-se utilizar a ressonância magnética.

Como tratar mioma uterino

Existem vários tipos de tratamento que dependem da situação de cada paciente. Por exemplo, é possível optar por tratamento hormonal, embolização do mioma que obstrui a artéria que nutri o mioma através de micropartículas, e existe também o tratamento cirúrgico, seja pela histerectomia ou a retirada do mioma.

O mioma pode ser retirado por meio de uma cirurgia minimamente invasiva, que é a videolaparoscopia. Essa cirurgia tenta lesar menos possível o útero, principalmente nas pacientes que ainda desejam engravidar.

Lembre-se: é extremamente importante realizar consultas de rotina porque você consegue diagnosticar os miomas em suas fases iniciais.

O que achou do conteúdo de hoje? Deixe seu comentário e até o próximo post!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze − sete =

FALE CONOSCO

× Como posso te ajudar?