Logo Clínica Rubens do Val

Sinto cólicas menstruais intensas. Pode ser Endometriose?

Atualizado em 22/11/2022
Tempo de leitura: 3 min.

A endometriose é uma condição ginecológica caracterizada pela manifestação de cólicas menstruais intensas, mas as cólicas não são provocadas apenas por esse problema. Existem ainda outras doenças que também desencadeiam esse sintoma, como no caso da endometriose, dos miomas e da síndrome do ovário policístico.

A endometriose é uma condição ginecológica que se caracteriza pelo crescimento inadequado do endométrio. Esse tecido deveria ficar meio limitado ao útero, mas na endometriose ele cresce em outras partes do corpo.

Células do endométrio podem migrar para a parede externa do útero, os ovários, as trompas, a bexiga e o intestino, por exemplo, fazendo com que esse tecido cresça ali. Esse problema afeta de forma significativa a qualidade de vida da mulher, provocando muita dor.

Neste artigo você vai descobrir se cólicas intensas são sinais de endometriose. Continue lendo para saber mais e entender quando procurar a ajuda do ginecologista.

Cólica menstrual intensa é endometriose?

Um dos principais sintomas da endometriose são as cólicas menstruais intensas. Essas dores podem se estender por vários dias, inclusive, começando mesmo antes do fluxo menstrual. Além delas, a mulher com endometriose manifesta outros sintomas, como:

  • dor pélvica crônica;
  • dor ou desconforto durante a relação sexual;
  • fluxo menstrual muito intenso;
  • alterações urinárias ou intestinais;
  • dificuldade para engravidar ou infertilidade.

Sentir cólica menstrual intensa pode ser um indicativo de endometriose, mas é importante saber que essa doença não é a única causa desse desconforto.

O que mais pode causar cólica menstrual intensa?

Existem outras condições ginecológicas que também podem provocar cólicas menstruais muito intensas, como é o caso da adenomiose, da síndrome dos ovários policísticos e dos miomas uterinos.

Adenomiose

Essa condição é parecida com a endometriose, mas nesse caso o endométrio apresenta um crescimento anormal no miométrio, ou seja, na musculatura do útero. O tecido não migra para outras partes do corpo, mas penetra no músculo do útero causando cólicas menstruais muito intensas.

O fluxo menstrual também tende a ser intenso demais, com um volume grande de sangue por vários dias. Algumas mulheres podem até mesmo desenvolver anemia por causa da perda excessiva de sangue. Outros sintomas podem estar associados, como:

  • dor pélvica crônica;
  • inchaço abdominal;
  • dor ou desconforto nas relações sexuais;
  • distúrbios intestinais;
  • distúrbios urinários.

Síndrome dos ovários policísticos

Essa síndrome é um distúrbio endócrino que causa uma produção excessiva de hormônios masculinos. Além das cólicas intensas, também provoca irregularidade no ciclo menstrual. Outros sintomas que caracterizam a síndrome dos ovários policísticos são:

  • hipertensão;
  • crescimento excessivo de pelos;
  • acne;
  • dificuldade para engravidar ou infertilidade.

Mioma uterino

Os miomas são nódulos benignos que se formam dentro do útero ou fora dele, geralmente a partir dos 35 anos de idade. A mulher pode ter um ou mais miomas. A quantidade deles, sua localização e o seu tamanho influenciam nos sintomas.

Eles também provocam cólicas menstruais intensas, e ainda:

  • fluxo menstrual intenso;
  • sangramentos fora do período menstrual;
  • períodos menstruais mais longos;
  • sensação de pressão na barriga;
  • dor abdominal;
  • dor pélvica;
  • dor nas costas;
  • aumento da vontade de urinar;
  • prisão de ventre;
  • incontinência urinária.

É preciso procurar o ginecologista?

É verdade que o período menstrual pode naturalmente provocar cólicas. Isso acontece porque a menstruação é um tipo de inflamação, logo as dores são esperadas, mas não é normal que elas se manifestem de uma forma muito intensa.

Quando as cólicas atrapalham o dia a dia da mulher e afetam sua qualidade de vida, elas precisam ser investigadas. É importante que as mulheres se conscientizem de que cólicas menstruais fortes e que duram vários dias não são normais e podem ser causadas por diferentes problemas.

Todos eles precisam ser investigados pelo ginecologista para realizar o tratamento correto e garantir mais conforto em todos os dias do mês. Afinal, como você viu, condições ginecológicas podem causar sintomas e desconfortos crônicos, mas existe tratamento, pelo menos para minimizar os sintomas e ter mais qualidade de vida.

Dr. Rubens do Val | Clínica Rubens do Val

Dr. Rubens Do Val

CRM: 58764
RQE: 17384 - Obstetrícia
RQE: 17385 - Ginecologia

A Clínica Rubens do Val atua há mais de 50 anos nas especialidades Ginecologia, Obstetrícia e Mastologia, mantendo uma tradição familiar de dedicação e comprometimento com a saúde.
Agende sua consulta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 | 12 / 03 / 24
Saiba sobre a endometriose, uma condição que causa dor pélvica e desconforto durante as relações sexuais. Descubra opções de tratamento. Saiba mais!
Ler Mais
 | 22 / 11 / 23
Descubra o tratamento da endometriose no climatério. Sem produção estrogênica, a cura acontece naturalmente. Conheça mais sobre esse processo.
Ler Mais
1 2 3 6
Atenção: O site https://clinicarubensdoval.com.br/ é uma fonte para melhorar o acesso dos pacientes às informações. Não deve ser utilizado como um substituto do diagnóstico completo e preciso de uma consulta médica.
Responsável técnico: Dr. Rubens Do Val | CRM: 58764
RQE: 17384 - Obstetrícia | 17385 - Ginecologia
Agende sua consulta
Clínica Rubens Do Val © 2024
| Desenvolvido por Surya Marketing Médico.
Site atualizado em:
09:42 | 17/04/2024
magnifiercross