Logo Clínica Rubens do Val

Tensão Pré-Menstrual (TPM): é possível controlar?

Atualizado em 16/08/2022
Tempo de leitura: 3 min.

A tensão pré-menstrual pode causar sintomas limitantes para a mulher, mas é possível minimizar esses desconfortos com a adoção de uma alimentação equilibrada, a prática de exercícios físicos e o controle do estresse.

Quando se aproxima o período menstrual, o organismo da mulher passa por alterações hormonais significativas. Com isso, surgem sintomas muito característicos, que são mais conhecidos como TPM, ou tensão pré-menstrual.

Praticamente todas as mulheres sentem os impactos dessas flutuações hormonais. Entretanto, a intensidade dos sintomas varia bastante de uma para a outra. Quando existe um desconforto muito grande, que chega a interferir no dia a dia da mulher, ocorre a TPM clínica, que pode precisar de atenção especializada.

De toda forma, é possível controlar ou pelo menos amenizar a TPM por meio de alguns hábitos e medidas adotados pela própria mulher. Neste artigo listamos algumas sugestões para que você possa passar por esse período com mais tranquilidade e qualidade de vida. Confira!

Adote uma alimentação saudável

A recomendação aqui não é se alimentar bem apenas quando a TPM começar a se manifestar. Na verdade, a alimentação saudável deve fazer parte do dia a dia da mulher para que seu organismo esteja bem nutrido com as vitaminas e minerais que ajudam a minimizar os sintomas.

As vitaminas do complexo B, como a B1 e B2, também conhecidas como tiamina e riboflavina, respectivamente, ajudam a minimizar os desconfortos da TPM. Também é importante manter as doses de cálcio, vitamina D e magnésio equilibradas.

No último caso, o nutriente contribui para minimizar os desconfortos emocionais, como a ansiedade, a irritabilidade e a depressão. Além disso, favorece a estrutura muscular, além de reduzir os inchaços e a dor de cabeça.

Combata o stress

A TPM recebe esse nome porque esse pode ser um período tenso para a mulher por causa das variações hormonais que citamos. Sendo assim, existe uma propensão à irritabilidade associada à ansiedade. Então, é importante evitar situações estressantes no dia a dia para que isso não ajude a intensificar os sintomas da TPM.

Para evitar o estresse, é importante identificar aquilo que o está causando e evitar essas situações. Também vale a realização de atividades relaxantes, como meditação, yoga e exercícios de respiração.

Os chás relaxantes, como de camomila, são bem-vindos. Essa planta, em especial, é uma boa alternativa porque também tem ação anti-inflamatória, assim, pode ajudar a minimizar as cólicas menstruais.

Pratique exercícios físicos

Assim como no caso da alimentação, os exercícios físicos devem fazer parte da rotina de toda mulher. Eles são fundamentais para manter o corpo em equilíbrio e ajudam na regulação de uma série de hormônios, logo, são grandes aliados no controle da TPM.

Os exercícios contribuem para ativação do metabolismo fazendo com que o corpo elimine toxinas com mais facilidade. Isso vai ajudar a evitar os inchaços típicos da TPM. Também contribuem para a redução do estresse e a liberação de neurotransmissores que causam sensação de bem-estar. Assim, é possível substituir aquela tensão típica desse período por um relaxamento maior e mais satisfação.

Não podemos esquecer também que ao praticar exercícios existe uma elevação da autoestima. A mulher fica de bom humor, se sente mais bonita e, com isso, consegue passar pelo período menstrual sem tantos desconfortos e conflitos.

É importante ressaltar que, embora os sintomas possam acontecer durante a TPM, a intensidade deles precisa ser monitorada. Não é considerado normal ter uma menstruação muito dolorosa e limitante. 

Quadros como esse devem ser avaliados por um especialista, pois a TPM muito intensa, assim como o excesso de cólicas e outros sintomas que interferem na rotina da mulher, podem estar associadas a condições ginecológicas, como a endometriose, a adenomiose ou miomas. Portanto se essas recomendações não surtirem efeito, converse com ginecologista da sua confiança.

Dr. Rubens do Val | Clínica Rubens do Val

Dr. Rubens Do Val

CRM: 58764
RQE: 17384 - Obstetrícia
RQE: 17385 - Ginecologia

A Clínica Rubens do Val atua há mais de 50 anos nas especialidades Ginecologia, Obstetrícia e Mastologia, mantendo uma tradição familiar de dedicação e comprometimento com a saúde.
Agende sua consulta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 | 16 / 04 / 24
Descubra como o estresse afeta diretamente o ciclo menstrual, desencadeando desequilíbrios hormonais e irregularidades. Saiba mais!
Ler Mais
 | 21 / 03 / 24
Saiba como aliviar a cólica menstrual com 5 estratégias eficazes. Descubra dicas úteis para reduzir a dor e melhorar o conforto durante o período menstrual. Saiba mais!
Ler Mais
1 2 3 10
Atenção: O site https://clinicarubensdoval.com.br/ é uma fonte para melhorar o acesso dos pacientes às informações. Não deve ser utilizado como um substituto do diagnóstico completo e preciso de uma consulta médica.
Responsável técnico: Dr. Rubens Do Val | CRM: 58764
RQE: 17384 - Obstetrícia | 17385 - Ginecologia
Agende sua consulta
Clínica Rubens Do Val © 2024
| Desenvolvido por Surya Marketing Médico.
Site atualizado em:
09:42 | 17/04/2024
magnifiercross